Preconceito e ódio no Altar

Preconceito e ódio no Altar

Preconceito e ódio no Altar

Quando não existem argumentos e onde o preconceito, a falta de amor e a ignorância fazem “casa” … é ai… onde normalmente nasce o ódio, a intolerância e o desrespeito…

Pastor da Igreja GERAÇÃO JESUS CRISTO, foi flagrado em video incitando ódio contra a capoeira, de uma forma incoerente e preconceituosa.

Fica a reflexão sobre o palco onde tudo isso acontece… no seu mais descabido e incoerente modo de comunicar os cartazes sobre o altar revelam uma absurda e deformada maneira de entender todo o amor e ensinamentos de Jesus:

GERAÇÃO JESUS CRISTO: UM CENTRO DE SELEÇÃO E JUSTIÇA
Geração de mártires
ENSINANDO A MORRER POR JESUS CRISTO

(ensinando a morrer???)

A religião foi um meio de demarcar o poder político e controlar a população. Houve, inclusive, um período em que os cristãos foram perseguidos e criminalizados no Império Romano. Hoje, o pensamento republicano e, em especial, a democracia impedem que, ao menos teoricamente, exista um vínculo direto entre Estado e religião, formando o que chamamos de Estado laico.

Durante o período colonial, a religião católica não admitia nenhuma outra religião e as crenças indígenas passaram a ser vistas como maléficas e, portanto, desprezadas.

Com a chegada dos negros escravizados a mesma atitude se repetiu. Para escapar da perseguição dos senhores e do clero, os negros usavam as imagens dos santos católicos em suas cerimônias quando na verdade estavam cultuando seus orixás. Assim começou a relação entre o sincretismo e as religiões afro-brasileiras.

Já foram registradas destruição de imagens de santos em templos católicos, bem como ataques em terreiros de candomblé e umbanda…. Em breve a Roda e ou treino de capoeira pode a vir a ser vandalizado!!!

Infelizmente, a intolerância religiosa ainda é uma realidade que assola comunidades em todo o mundo. No Brasil, esse problema está relacionado majoritariamente ao racismo, pois a intolerância religiosa é praticada, em maior escala, contra os adeptos das religiões de matriz africana. Nesse caso, a intolerância religiosa carrega uma vontade de anular e depreciar uma cultura, uma arte, um património da humanidade chamada CAPOEIRA.

Nosso amigo do Grito marcial também fez uma chamada:

!!ABSURDO!! IGNORÂNCIA TOTAL, Não como descrever o tamanho da minha indignação para discurso de ódio!!! DEIXE SUA OPINIÃO lembrando que…

Art. 208. Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou funçãoreligiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso: Pena — detenção, de um mês a um ano, ou multa. Parágrafo único. Se há emprego de violência, a pena é aumentada em um terço,sem prejuízo da correspondente à violência. Existe no presente tipo penal três condutas ilícitas distintas, cujo fim é tutelar ordem constitucional expressano art. 5º, inciso VI, da Constituição Federal a qual dispõe que “é inviolável a liberdadede consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosose garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e as suas liturgias”

Nosso Parceiro e Amigo mestre Paulão da Rádio Capoeira também “já chamou pro jogo”.

Acabamos, via nossa instituição, de fechar parceria com o Doutor Hédio Silva, que atuará Pro Bono entrando com uma Representação Criminal contra este “pastor” e sua igreja e ainda solicitará que este infame vídeo seja retirado da rede social onde foi publicado.

Pessoas e Instituições que queiram ser parceiras neste processo, favor se manifestarem e enviar as suas qualificações pra que possamos enviar ao Advogado.

Contato: [email protected]

O conteúdo Preconceito e ódio no Altar aparece primeiro em Portal Capoeira.
Portal Capoeira – O Portal do Capoeirista. Notícias, Publicações, Artigos e Crônicas da Capoeira. Downloads, Videos, Fotos, Músicas, Livros e todo universo da capoeiragem.

Fonte: Portal Capoeira

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Capoeira Europa
Luciano Milani